Direção-Geral do Território
Copernicus
O Programa Copernicus é o programa europeu para a Observação da Terra e foi criado pelo Regulamento 377/2014 do Parlamento Europeu e do Concelho. O programa é a continuidade ao programa GMES (Global Monitoring for Environment and Security), e assenta numa parceria estabelecida entre a União Europeia (UE), a Agência Espacial Europeia (ESA) e os vários Estados-Membros (EM). Para saber mais sobre esquema de governança clique aqui.

O objetivo maior do Copernicus é a disponibilização de serviços que permitam o acesso atempado a dados e informação rigorosos e fiáveis sobre o ambiente, proteção civil e segurança do cidadão. Para saber mais sobre os objetivos gerais e específicos clique aqui.

(clique sobre a imagem para ampliar)
O programa Copernicus integra três componentes: a Componente Espaço direcionada para a observação da Terra através de sensores remotos - satélites; a Componente In Situ com o mesmo propósito mas com recurso a infraestruturas in situ e a Componente de Serviços que prevê a disponibilização de informação de uma forma ágil e de fácil utilização para os cidadãos e entidades com responsabilidades nas áreas da Gestão de Recursos, Segurança e Proteção Civil.

Toda a informação que surge no âmbito do Copernicus suporta uma vasta área de aplicações que inclui a proteção do ambiente, a gestão de áreas urbanas, o planeamento regional e local, a agricultura, a silvicultura, as pescas, a saúde, os transportes, as alterações climáticas, o desenvolvimento sustentável, a proteção civil e o turismo, entre outros. Os principais utilizadores dos serviços Copernicus são decisores políticos e autoridades públicas que terão a possibilidade de sustentar as suas decisões estratégicas em informação de referência e atualizada.

As imagens dos satélites Sentinel e toda a informação produzida no âmbito dos seis serviços Copernicus serão distribuídos com base numa política de acesso aberto e sem custos.

Este programa reveste-se também de um caráter de investimento público no sentido do crescimento económico da UE, nomeadamente por estimular: (1) a investigação, (2) o desenvolvimento do setor empresarial a jusante (através do lançamento no mercado de prestadores de serviço de valor acrescentado) em particular pequenas e médias empresas (PME) e (3) importantes parcerias que daí possam resultar (entre investigação e empresas).

Estudos socioeconómicos realizados sobre o Programa Copernicus apontam que, por cada euro investido pelo contribuinte europeu, o retorno será de 10 euros. Prevê-se ainda que em 2030 o programa possa ter gerado na Europa cerca de 83 000 empregos e ter um retorno para a indústria de aproximadamente 6.9 mil milhões de euros por ano. (Saber mais aqui).

É possível consultar as novidades aqui.

No canal Copernicus EU do YouTube, a Comissão Europeia publicou um vídeo alusivo ao programa Copernicus.

O Programa Copernicus é o contributo Europeu para a Rede Mundial de Sistemas de Observação da Terra (GEOSS - Global Earth Observation System of Systems) concebida no âmbito do Grupo de Observação da Terra (GEO - Group on Earth Observations).

Links oficiais do programa Copernicus: Fontes de informação oficiais do programa europeu Copernicus nos Websites da Comissão Europeia e na Agência Espacial Europeia
Última atualização: quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Latitude 38.726186
Longitude -9.158281
Direção-Geral do Território
Rua Artilharia 1, 107 ¤ 1099-052 Lisboa, Portugal
Telefone (+351) 21 381 96 00   |   Fax (+351) 21 381 96 99   |   www.dgterritorio.pt

 © 2017 DGT - Todos os Direitos Reservados