Direção-Geral do Território
Fase CNIG
O processo de estabelecimento do Sistema Nacional de Informação Geográfica (SNIG) remonta a 10 de Março de 1986, altura em que o Secretário de Estado de Investigação Científica assinou o Despacho 2/SEIC/86, visando a constituição de um Grupo de Trabalho com a missão de estudar a criação de uma infra-estrutura nacional de informação geográfica e propor ao Secretário de Estado as acções necessárias à sua concretização. Pretendia-se dotar o País de um sistema de informação geográfica de nível nacional, integrado, que possibilitasse, de forma eficaz e actual, a análise espacial dos problemas de ordenamento e gestão do território, bem como o equacionar das respectivas soluções, com o recurso sistemático a dados informatizados de carácter estatístico (numérico e cartográfico), designadamente nas áreas da agricultura, silvicultura, solos, recursos hídricos, geológicos e mineiros, ocupação rústica e urbana, industrial, viária, ambiental, etc.
Como resultado dos estudos e actividades desenvolvidas pelo Grupo de Trabalho foi criado o SNIG, através do Decreto-Lei n.º 53/90, de 13 de Fevereiro. Este diploma instituiu também o Centro Nacional de Informação Geográfica (CNIG) como instituição responsável pela coordenação e dinamização do SNIG.
O SNIG foi concebido como uma rede distribuída ligando entre si os principais produtores nacionais, regionais e locais de informação cartográfica e alfanumérica. Através de um protocolo feito com as principais autoridades públicas produtoras, tendo passado a estar à disposição de todos os utilizadores através da Internet em Maio de 1995 - o SNIG foi a primeira IDE europeia a ser disponibilizada na Internet.
O CNIG fornecia apoio material e técnico a cada nó do sistema de modo a viabilizar a disponibilização da respectiva informação através da rede.
1990 - 1995 (antes de lançamento na Internet):
- Experiências de ligação de bases de dados;
- Contacto e negociação com produtores de informação geográfica;
- Esforços para promover a utilização de SIG e a produção de informação em formato digital;
- Apoio à implementação de SIG Municipais (Programa PROSIG).
1995 - 1998 (orientado para uso por profissionais):
- Sistema distribuído disponível na Internet (http://snig.cnig.pt);
- Desenvolvimento de Interfaces WWW para as bases de dados existentes;
- Implementação piloto de mecanismos para transacções comerciais on-line;
- Dinamização dos nós locais do SNIG;
- Implementação da Rede de Observação da Terra (ROT).
1998 - 2001 (orientado para os cidadãos):
- Interface mais apelativa e orientada para o utilizador;
- Desenvolvimento de aplicações orientadas para os cidadãos (acesso a fotografias aéreas, Planos Directores Municipais e Regulamentos associados, produção de mapas temáticos, SNIG-Educação, ...);
- Desenvolvimento do GEOCID (GEOCID que ganhou o Prémio Fernandes Costa em 2000 referente ao ano de 1999), incluindo uma aplicação de acesso à cobertura integral do País em ortofotos realizada em 1995 - "O País Visto do Céu".
Em Novembro de 2000 tinham aderido ao SNIG: 56 entidades produtoras de informação geográfica de âmbito nacional e regional; as Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto; 73 Municípios e 19 Associações de Municípios, envolvendo um total de 178 municípios.
 
Última atualização: quarta-feira, 22 de maio de 2013

Latitude 38.726186
Longitude -9.158281
Direção-Geral do Território
Rua Artilharia 1, 107 ¤ 1099-052 Lisboa, Portugal
Telefone (+351) 21 381 96 00   |   Fax (+351) 21 381 96 99   |   www.dgterritorio.pt

 © 2017 DGT - Todos os Direitos Reservados