Direção-Geral do Território
IDE em Portugal
Os fenómenos ambientais bem como as questões associadas ao planeamento e ordenamento do território não respeitam fronteiras e a crescente consciencialização de que as alterações ambientais geram impactes significativos, evidencia a necessidade de dispor de informação geográfica que suporte a análise dos fenómenos ambientais e de ordenamento do território, viabilizando a tomada de melhores decisões neste domínio. As Infra-estruturas de Dados Espaciais desempenham um papel relevante neste contexto ao viabilizarem o acesso e a exploração de dados geográficos provenientes de diferentes fontes.
O termo Spatial Data Infrastructure (SDI) adoptado nacionalmente como Infra-estrutura de Informação Geográfica (IIG) ou Infra-estrutura de Dados Espaciais (IDE) é utilizado para traduzir o conjunto de tecnologias, políticas, acordos institucionais que facilitam a disponibilização e acesso a informação de natureza espacial. As IDE viabilizam a pesquisa, avaliação e exploração de informação geográfica por utilizadores diversos, provenientes de todos os níveis de actuação governamental, empresas, associações sem fins lucrativos, academia e cidadãos em geral. (GSDI (2004) The SDI Cookbook V.2).
Através de uma IDE deverá ser possível identificar que informação geográfica existe, como aceder a essa informação, quais as suas características, qual a qualidade desses dados e que viabilidade existe de os integrar com outros dados.
O desenvolvimento de uma IDE requer a implementação de um conjunto de políticas e acordos institucionais que estabeleçam as condições de utilização da informação e promovam um acesso facilitado a essa informação. Para viabilizar este acesso facilitado é necessário contar com (a) tecnologia que providencia alternativas cada vez mais evoluídas quer para a harmonização dos dados quer para a sua disponibilização e exploração integrada; (b) recursos humanos qualificados tanto para a produção e tratamento dos dados espaciais como para a sua disponibilização.
As infra-estruturas de dados espaciais podem existir a diferentes níveis não só no que se refere à sua abrangência territorial - G (global) SDI; N(acional) SDI, R(egional) SDI, L(ocal) SDI - como no que toca ao âmbito temático - T(emática) SDI - como acontece em domínios específicos como recursos hídricos, meteorologia, ordenamento do território, entre outras.
Em Portugal, para além da IDE nacional, SNIG, existem em Portugal outras IDE, nomeadamente:
regionais
locais
temáticas

 
Última atualização: terça-feira, 21 de maio de 2013

Latitude 38.726186
Longitude -9.158281
Direção-Geral do Território
Rua Artilharia 1, 107 ¤ 1099-052 Lisboa, Portugal
Telefone (+351) 21 381 96 00   |   Fax (+351) 21 381 96 99   |   www.dgterritorio.pt

 © 2017 DGT - Todos os Direitos Reservados